COB inaugura Centro de Treinamento do Taekwondo

11/12/2010 20:20

O esporte brasileiro deu mais um passo para o fortalecimento da preparação de atletas de alto rendimento para competições internacionais. O Comitê Olímpico Brasileiro (COB) inaugurou, nesta quinta-feira, dia 9, o Centro de Treinamento Time Brasil. O espaço é parte integrante do Centro Olímpico de Treinamento, projeto que utilizará as instalações já existentes e a serem construídas na área do atual Autódromo do Rio de Janeiro e que ficará como um dos legados esportivos dos Jogos Olímpicos Rio 2016. O marco inicial desta iniciativa foi a abertura do Centro de Treinamento de Taekwondo nas dependências internas do Parque Aquático Maria Lenk. Até maio de 2011 serão inaugurados no Centro de Treinamento Time Brasil o Centro de Treinamento de Levantamento de Peso, o Laboratório Olímpico, a Sala de Força e Condicionamento e o Centro de Treinamento de Ginástica Artística, que será montado na Arena multiuso. Escolinhas e treinamento de ciclismo e patinação já estão sendo realizadas no Velódromo. 

Estiveram presentes à solenidade o prefeito da Cidade do Rio de Janeiro, Eduardo Paes; a secretária de Turismo, Esporte e Lazer do Rio de Janeiro, Marcia Lins; o diretor de Programas do setor da Lei de Incentivos, Ricardo Capelli, representando o Ministro do Esporte Orlando Silva Júnior; o presidente do COB, Carlos Arthur Nuzman, além de presidentes de Confederações Brasileiras Olímpicas e nove atletas do Time Rio. "Quero fazer um agradecimento especial ao prefeito Eduardo Paes pela vontade política, pelo seu espírito de esportista e a intenção de construir para o Rio de Janeiro o que for de melhor. Gostaria também de me dirigir aos atletas e ressaltar a importância de inauguramos o primeiro Centro de Treinamento do Time Brasil. Este é o primeiro de muitos. Estamos oferecendo os melhores equipamentos em benefício dos atletas", afirmou Nuzman. 

O presidente do COB fez questão de destacar que a ideia do projeto do Time Rio foi do prefeito Eduardo Paes. "Esse é um momento muito especial. Vamos investir no alto rendimento. Escolhemos um time de pessoas vencedoras. Queremos dar condições para que esses atletas de enorme potencial, que tem condições de representar bem o Brasil, que possam treinar com conforto. São grandes atletas e vamos jogar pesado para que em 2012 tenhamos um time com condições de ganhar medalhas para o Brasil e para o Rio de Janeiro", frisou o prefeito carioca. 

Nesta primeira fase de implantação, o CT Time Brasil atenderá modalidades como natação, natação sincronizada, saltos ornamentais, polo aquático, taekwondo, ginástica artística, levantamento de peso, ciclismo, boxe e patinação artística. "Nosso projeto é otimizar esse espaço para implantação da primeira fase do Centro Olímpico de Treinamento, atendendo diversas modalidades. O ponto de partida foi dado com escolinhas de ciclismo e patinação no Velódromo, que já estão em funcionamento e agora com a inauguração do Centro de Treinamento do Taekwondo aqui no Parque Aquático Maria Lenk. Cada detalhe deste local foi pensado de forma a atender as necessidades do atleta em seu treinamento. O Centro de Treinamento do Taekwondo foi montado por atletas e para atletas", declarou Marcus Vinicius Freire, superintendente executivo de esporte do COB, em referência à arquiteta que projetou o espaço, Daniela Polzin, ex-judoca com participação em Jogos Olímpicos. 

CT de Taekwondo

O Centro de Treinamento de Taekwondo integra o Centro de Treinamento Time Brasil e sua inauguração permitirá o treinamento dos atletas da Seleção Brasileira de Taekwondo e o intercâmbio com atletas estrangeiros, tendo como objetivo principal a preparação para competições internacionais. O local conta com equipamentos de filmagem para análise de movimento, sala de musculação com equipamentos específicos para a modalidade, sala de descanso, sala de avaliação e área de luta, esta última com equipamentos adquiridos para os Jogos Pan-americanos Rio 2007. O espaço está preparado para atender até 25 atletas simultaneamente. "Estou muito contente. Vi a construção desse espaço e da primeira vez que cheguei até vê-lo hoje, não tinha ideia de que ficaria tão bonito assim. Saber que existe um espaço desse em nosso país é excepcional. As instalações são de primeiro nível. Treinar no mesmo tatame da competição, em uma área ampla, com equipamentos de última geração é um privilégio. Fico feliz em saber que agora terei tranquilidade para pensar exclusivamente no treinamento e que chegarei aqui e terei à disposição as melhores condições, além de profissionais capacitados para nos atender. Estou muito orgulhosa", destacou Natalia Falavigna, que teve participação ativa na elaboração do projeto e nas tomadas de decisões para sua viabilização. 
A montagem do CT de Taekwondo recebeu doações de empresas como a Samsung, GE, Recoma, Movement, P&G e Ziva, além do patrocínio da Casa da Moeda. 

Time Rio
O Time Rio é um projeto do Comitê Olímpico Brasileiro em parceria com a Prefeitura do Rio de Janeiro, através do Instituto Rio 2014/ 2016, que tem como foco preparar atletas de ponta identificados com o Rio de Janeiro para a disputa dos Jogos Olímpicos Londres 2012. 

O projeto contará com R$ 12 milhões em um período de três anos e contempla 13 atletas em nove modalidades: 
atletismo (Barbara Leôncio, Rosangela Santos e Evelyn Santos)
canoagem (Nivalter Santos). 
ginástica artística (Diego Hypólito)
judô (João Gabriel Schlittler, Vitor Penalber e Flávio Canto)
natação (Kaio Márcio)
saltos ornamentais (Cesar Castro)
taekwondo (Natália Falavigna)
tiro esportivo (Julio Almeida)
vela (Ricardo Winick - Bimba) 

 

O projeto Time Rio vem permitindo a esse grupo de atletas o treinamento e a participação em competições no Brasil e no exterior, a compra de equipamentos e a contratação de equipe multidisciplinar formada por treinadores, coordenadores técnicos, preparadores físicos, fisiologistas, bioquímicos, psicólogos, nutricionistas, fisioterapeutas e massagistas, de acordo com a necessidade de cada atleta. 

O projeto ainda pretende atender indiretamente outros 50 atletas dessas nove modalidades, além de ter o apoio de outros 56 profissionais de áreas como fisioterapia, psicologia, nutrição, preparação física, fisiologia, entre outras. 

 Fonte: https://www.cob.org.br