Equipe do Pan-americano com recepção calorosa e homenagem no retorno ao Brasil

25/09/2013 22:21

 

Data: 24/9/2013
 

Após uma campanha vitoriosa no Campeonato Pan-americano do México, a Seleção Brasileira está de volta a casa, tendo sido recebida no Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro com uma grande festa dos familiares e amigos e a devida homenagem prestada pela CBTKD. Os atletas e técnicos tiveram uma recepção calorosa e foram contemplados pelos representantes da confederação com flores e um diploma de Mérito de Excelência, por terem proporcionado ao país a melhor campanha de sempre num Campeonato Pan-americano. 

Cadetes e Juvenis tiveram um desempenho brilhante e conquistaram um total de 24 medalhas para o Brasil. Foram disputadas 16 finais que resultaram em três campeões e treze vice-campeões. Além disso, oito atletas conquistaram o bronze, sendo que o somatório de todas estas vitórias resultou no terceiro lugar na classificação geral para a Equipe Cadetes e o quarto lugar para a Equipe Juvenil. (Confira todos os resultados aqui.)

Atletas e equipe técnica ainda estavam bastante extasiados com a participação no campeonato, demonstrando uma grande felicidade por todas as suas conquistas. O mais novo campeão pan-americano juvenil -55kg, Caio Motta, declarou que “as lutas foram muito difíceis, pois os adversários eram muito bons, mas graças a uma boa preparação e a um treinamento muito forte, foi possível enfrentar todos os adversários com um bom resultado”. 

Apesar de ter realizado um grande sonho, o jovem paulista mostrou também estar consciente da sua nova responsabilidade como atleta. “Estou muito feliz por ser agora campeão pan-americano, mas não posso me iludir muito. Tenho de acordar deste sonho, pois já passou e já alcancei este objetivo. Agora terei que trabalhar muito mais para consegui manter os resultados. Não posso pensar ‘sou o campeão pan-americano, sou o melhor’, pois o trabalho vai começar de novo. Só assim poderei chegar ainda mais longe”, declarou o atleta de 17 anos.

Pedro Vidotti, fez a sua estreia em competições internacionais com a conquista do título de vice-campeão e chegou ao Rio de Janeiro ainda incrédulo com esta vitória. “Acho que foi a melhor coisa que aconteceu na minha vida. Foi o primeiro Pan-americano em que eu participei e consegui um ótimo resultado. O ouro escapou por um triz da minha mão, mas o balanço é muito positivo. Esta oportunidade que nos foi dada pela CBTKD para participar neste grande evento foi um marco na minha vida”, disse o jovem paranaense. 

Representante brasileiro da categoria Cadetes -57Kg, o atleta potiguar João Batista também conquistou a prata no evento e não escondeu a felicidade que sentia por ter tido a oportunidade de representar o seu país em uma competição internacional: “Estou muito feliz por ter participado. É um orgulho e alegria muito grandes ter representado o Brasil, o meu estado, a minha academia, o meu professor em um evento tão importante como o Pan-americano”. 

Em seu depoimento sobre esta experiência no México, a atleta Luiza Banks ressaltou o alto nível da competição e das equipes, dizendo que “o campeonato foi muito bom e a experiência ganha lá foi muito importante, pois houve um elevado nível técnico nas lutas”. “ As minhas foram contra Canadá, México, que ganhei no Golden Point, e EUA. Foram lutas difíceis, pois todas as equipes estavam muito fortes e equilibradas, por isso tivemos combates de igual para igual”, acrescentou. Matheus Garcia, que, segundo os técnicos, conquistou “a prata mais dourada da equipe”, concordou com a companheira de Seleção e sublinhou a qualidade dos jovens brasileiros. “Essa equipe foi realmente muito boa. Alguns mestres com muito tempo de seleção falaram que nós fomos uma das seleções mais fortes que o Brasil teve nos últimos tempos e prova disso foram os resultados e os cinco troféus de resultados gerais que trouxemos”, reforçou o atleta baiano. 

Uma das famílias presentes no local para prestigiar toda a equipe foi a do atleta mineiro Marcelo Bicalho, que conquistou o vice-campeonato. Com uma grande satisfação pelo sucesso do filho, Marcelia Bertolato, que veio de Minas Gerais até ao Rio de Janeiro para receber os jovens guerreiros brasileiros juntamente com vários membros da família, não escondeu o seu orgulho e contentamento perante a conquista do seu filho e a oportunidade que lhe foi dada. “Foi maravilhoso o apoio e recursos que a CBTKD investiu na equipe juvenil que viajou para o Pan-americano, assim como esta homenagem que estão fazendo agora. Foi também graças a tudo isso que a gente obteve esse grande resultado. Estou muito, muito feliz, sem palavras, por esta conquista, não só do meu filho, mas também de todos os atletas. É realmente uma geração de ouro que temos aqui!”, exclamou a mãe de Marcelo Bicalho. 

Para terminar, Rivanaldo Freitas, chefe da equipe que viajou para o México, destacou como pontos essenciais para o sucesso da equipe, “a união do grupo, a estrutura que a delegação teve para participar desse campeonato e o grande talento individual dessa geração do Taekwondo brasileiro”, tendo deixado os seus agradecimentos “ao coordenador Junior Maciel [ausente do Pan-americano para representar o Brasil nos Jogos Sulamericanos da Juventude], por ser a base dessa seleção, à Confederação Brasileira de Taekwondo e ao presidente Carlos Fernandes, por toda a estrutura que foi disponibilizada e por estar homenageando a equipe e reconhecendo o mérito de todos os atletas nesta nossa chegada”. Rivanaldo Freitas acrescentou ainda outra mensagem de gratidão: “Gostaria de agradecer a todos os pais, mestres e técnicos dos Cadetes, por nos terem ajudado nesta vitória e de parabenizar todos os atletas pelo comportamento, profissionalismo e forma aguerrida com que representaram o Brasil. Todo o trabalho sério traz bons resultados e foi isso que as equipes Juvenil e Cadetes mostraram”. 

O coordenador juvenil da CBTKD esteve ausente deste Campeonato Pan-americano para representar o Brasil nos I Jogos Sul-americanos da Juventude, juntamente com quatro atletas juvenis, que conquistaram duas medalhas para o Brasil: um ouro e uma prata. Embora se encontre em Lima/Peru, Junior Maciel acompanhou o campeonato à distância e enviou a sua mensagem parabenizando a equipe: “Estou muito feliz com a conquista dos atletas do Pan-americano. Fiquei triste por não estar presente, mas sempre confiei neles e na comissão técnica. Essa conquista foi o resultado da união e do planejamento montado pela equipe técnica. Gostaria de parabenizar todos pelo resultado e agradecer pelo empenho”, declarou. 

O coordenador concluiu com o seu agradecimento aos intervenientes desta vitória: “ Gostaria de agradecer aos meus amigos membros da comissão técnica, Rivanaldo Freitas, Lécio Mizael, Flávio Alves, Rodney Saraiva e a ajuda do Flávio Porto, além da dos técnicos que acompanharam os atletas e deram um grande suporte. Queria também agradecer ao presidente Carlos Fernandes, que acreditou e apostou nesses garotos, e a todo o corpo administrativo e técnico da CBTKD: Valdemir Medeiros, Paula Dantas, Carla Flores, Rafael Freitas, Jadir Figueira, Alexandre Lima, Paulo Rocha e, em especial, à Vanessa Melo que cuidou da organização da viagem.”

A CBTKD informa que o certificado de excelência da CBTKD, que foi distribuído aos Juvenis e Cadetes que desembarcaram hoje no Rio de Janeiro, serão também entregues aos demais atletas brasileiros que participaram do Campeonato Pan-americano, por via das federações estaduais. 
Além de parabenizarmos e agradecermos a toda a equipe pelo empenho, aos técnicos e familiares pelo apoio, à comissão técnica da CBTKD pelo ótimo trabalho realizado, estendemos nossos votos de gratidão ao Comitê Olímpico Brasileiro e ao Ministério do Esporte por todos o suporte prestado ao desenvolvimento do Taekwondo Brasileiro. 

Confira aqui as fotos da recepção da equipe no Rio de Janeiro. 

Carla Sofia Flores
Assessoria de Imprensa da CBTKD


 

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!