Eu quero ter um milhão de amigos!

11/08/2010 23:09

 


Este é o nome de uma música do Rei Roberto Carlos, de quem sou fã absoluto desde criança. Esta música sempre me pôs a questionar se isto seria possível. Como alguém poderia ter 1 milhão de amigos? 
Hoje cheguei a conclusão que é possível, e eu mesmo tenho este número de amigos ou quem sabe, até mais que isso. E para sua maior surpresa não os conheço! Pronto, agora você vai achar que enlouqueci. Vou explicar. Quando comecei a viajar em busca de aprimorar minha técnica no taekwondo eu não tinha a noção de quanto esta arte marcial é praticada mundo afora, e em cada academia que eu chegava, sempre conhecia pessoas de bem com a vida, saudáveis, inteligentes, educadas, muito prestativas, receptivas e com algo em comum: o Taekwondo.
Logo comecei a perceber que se tratava de uma grande família que transcendia as barreiras culturais e lingüísticas. Levando em consideração milhares de academias nos cinco continentes, nos dá uma idéia de quão grande é esta família. E não estou falando desse negócio de amizade por internet, isso é lenda. 
Certamente enquanto escrevo este artigo, alguém em algum lugar do mundo está sendo recebido por algum amigo até então desconhecido, porém com muita coisa em comum e com assuntos para botar em dia como se conhecessem há vida inteira. E isso se estende de uma geração para outra. Até hoje, mesmo quando viajo a turismo ou negócio sempre que posso visito uma academia, faço um treino e os convites de anfitriões logo vão surgindo. 
Obviamente que não basta apenas ser praticante. Os princípios do taekwondo devem fazer parte da sua vida, só assim você poderá passar confiança a outra pessoa que nunca o viu. Saber respeitar as diferenças culturais também é fundamental. Existem fatores que podem maximizar o número de amigos. É muito importante treinar forte, quanto melhor for sua técnica, mais admiradores você terá e certamente mais novos amigos. Ser honesto, educado, cortês, etc, e procurar ler bastante para aprender as culturas dos lugares e pessoas que você vai conhecer podem ajudar bastante. Outra dica importante é falar inglês. Este é o idioma de comunicação nas competições internacionais, e onde quer que você vá mundo afora. Sem falar inglês pode esquecer o resto de tudo que falei antes. Agora faça as contas e imagine. Quantas pessoas no mundo tem uma paixão em comum com você? Pode pensar em milhões; são estes seus amigos mundo afora prontos para lhe encontrar em algum lugar, em alguma ocasião, portanto continue treinando!

Arnold Swatrzenegger e Halder - Los Angeles 1992

Halder Gomes e Jô Soares

Halder Gomes e Tom Cavalcante

Martin Kove (Karatê Kid 1, 2 e 3) e Halder Gomes

 

Halder Gomes - vice presidente da FTC