Exemplos de superação marcam finais do taekwondo, modalidade estreante das Olimpíadas Escolares

05/12/2010 09:58


Crédito: Wander Roberto / Getty Images Latam / COB

Pará e Pernambuco conquistaram as primeiras medalhas de ouro do taekwondo nas Olimpíadas Escolares. Na estréia da modalidade no programa da maior competição estudantil nacional, neste sábado, dia 4, no ginásio do SESI Ferreira Pacheco, em Goiânia, Renato Castro, de 16 anos, do Colégio Augusto Olímpio, de Belém (PA), e Ranielly Araújo, 15 anos, da Escola Othon Paraíso, de Recife (PE), se tornaram os primeiros campeões da modalidade. 

No feminino, a prata foi para Camila Campos, de Rondônia. O bronze ficou com Karla Santos, do Maranhão, e com a catarinense Jéssica Ouriques. No masculino, João Mendes, da Bahia, foi o vice-campeão e Bleyo Jacobsen, do Rio Grande do Sul e Bill Ziegelmayer, de Santa Catarina, levaram o bronze.

Conquistar uma medalha de ouro nunca é fácil. Para a pernambucana Ranielly Araújo, o grande adversário foi o peso. "Cheguei à Goiânia três quilos acima do limite da categoria. Me exercitei bastante e, antes da pesagem, vim correndo do hotel para o Centro de Convivência para perder peso. No final deu tudo certo", disse Ranielly, que pratica o esporte há quatro anos e nunca perdeu uma luta sequer em competições oficiais.

O paraense Renato Castro também teve que se superar para conquistar o ouro. Na semifinal, não se sentiu bem. Mesmo assim venceu e foi para a final. "Naquele momento eu pensei em desistir, mas meu treinador e a torcida me apoiaram bastante. Me recuperei e acabei me tornando campeão", comemorou o jovem atleta, que pretende seguir os passos de seu ídolo, o embaixador das Olimpíadas Escolares Goiânia 2010, Diogo Silva. "Eu também sai de um projeto social. Ver o que ele conquistou me dá mais motivação para continuar. Vê-lo aqui foi emocionante. Foi uma grande surpresa encontrá-lo", afirmou o medalhista de ouro.

Diogo Silva também foi motivo de muita emoção para Ranielly. A atleta recifense, que sonha com um título mundial, revela que realizou um sonho ao conquistar uma medalha de ouro nacional com o medalhista Pan-americano na plateia. "Foi especial demais para mim. Tirei uma foto com o Diogo. Naquela hora, meu coração disparou", declara a campeã, que pretende viver do esporte para poder dar uma condição melhor para sua família.

As Olimpíadas Escolares são organizadas e realizadas pelo Comitê Olímpico Brasileiro, co-realizadas pelo Ministério do Esporte e pelas Organizações Globo, com a direção técnica das Confederações Brasileiras e apoio da Prefeitura Municipal de Goiânia e do Governo do Estado de Goiás.

Resultados

Categoria Leve Masculino:

Ouro: Renato Castro (PA) - Augusto Olímpio
Prata: João Mendes (BA) - Iexis 
Bronze: Bleyo Jacobsen - Otero Paiva
Bill Ziegelmaier (SC) - Colégio São Francisco de Sales


Categoria Leve Feminino:

Ouro: Ranielly Araújo (PE) - Escola Othon Paraíso 
Prata: Camila Campos (RO) - Álvares de Azevedo
Bronze: Karla Santos (MA) - Colégio O Bom Pastor
Jéssica Ouriques (SC) - EEB São João Batista

Fonte: https://www.cob.org.br