LONDRES 2012 - COB destaca preparação inédita do Time Brasil para os Jogos Olímpicos Londres 2012

29/03/2012 11:47


O Comitê Olímpico Brasileiro (COB) está proporcionando uma estrutura inédita de apoio à delegação brasileira que disputará os Jogos Olímpicos de Londres 2012. Além do trabalho específico de preparação dos atletas, feito em conjunto com as Confederações Brasileiras Olímpicas, a Missão Brasileira terá infraestrutura e serviços inéditos em qualquer edição de Jogos Olímpicos. Além do Centro de Treinamento de Crystal Palace, base da delegação brasileira antes e durante os Jogos, o Time Brasil contará com várias outras instalações próprias para treinamento exclusivo. Além disso, os atletas do Brasil contarão com planejamento e investimento do COB para o melhor serviço possível dentro e fora da Vila Olímpica, contando com excelência no atendimento técnico, médico, de ciências do esporte com emprego de novas tecnologias, como dart fish, scout, biomecânica, entre outros.

"Estamos sempre procurando evoluir, mudar, buscando seguir o que os melhores países já fazem", disse o presidente do COB, Carlos Arthur Nuzman, em apresentação sobre a estrutura que o Time Brasil terá em Londres feita nesta quarta-feira, dia 28, na sede da entidade. "Esta é a edição de Jogos Olímpicos em que o COB trabalhou com mais intensidade para prover todas as condições necessárias para que o atleta só pense em treinar, descansar e competir. Além disso, já estamos preparando nossos jovens para os Jogos Olímpicos Rio 2016", completou Nuzman.

"Queremos que a diferença para a conquista de uma medalha esteja do nosso lado. Não queremos mais ouvir o atleta brasileiro pedindo as mesmas condições que seus adversários. Para Londres, ele já terá essa condição. Por isso, estamos entregando o melhor possível, assim como fazem as principais potências olímpicas", afirmou o superintendente executivo de esportes do COB, Marcus Vinicius Freire. 

As principais metas do COB para Londres 2012 são: classificar cerca de 250 atletas para os Jogos; obter maior número de finais olímpicas do que em Pequim 2008 (41); conquistar um número total de medalhas próximo ao de Pequim (15) e preparar os potenciais atletas para os Jogos Rio 2016. Até agora o Brasil tem 165 vagas garantidas em Londres, em 23 modalidades. "Trabalhamos com metas muito realistas, traçadas através de estudos sobre os resultados dos atletas brasileiros ao longo deste ciclo olímpico", disse Marcus Vinicius. "A mudança na forma de financiamento do esporte olímpico brasileiro se deu quando o Rio conquistou o direito de ser a sede dos Jogos de 2016, no dia 2 de outubro de 2009. Mas o dinheiro não compra medalhas. É preciso tempo para se formar um atleta olímpico, com apoio de todos os níveis de governo e da iniciativa privada. Por isso a nossa meta para 2016 é agressiva, dobrar o número de medalhas conquistadas em relação a Pequim e colocar o Brasil entre os 10 primeiros no quadro geral de medalhas. É uma meta forte, mas também realista, de acordo com o tempo que temos para trabalhar".

O Time Brasil ocupará os prédios N 14 A, B e D da Vila Olímpica. No bloco A funcionará a parte administrativa da Missão, no bloco B o departamento médico e no bloco D os atletas e comissões técnicas, num total de 44 apartamentos e 314 camas. O chefe da Missão será Bernard Rajzman, que não esteve presente na apresentação por estar em Goa, na Índia, para reunião sobre os terceiros Jogos da Lusofonia.

Delegações do COB já visitaram a Inglaterra por nove vezes para acertar os detalhes da operação olímpica com o Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos de Londres, gestores de outras instalações ou fornecedores de serviços diversos. Desta forma, a Missão Brasileira contará com diversas bases de acomodação e treinamento exclusivas. A principal delas é o Centro de Treinamento Crystal Palace, uma inovação na história das missões brasileiras em Jogos Olímpicos que possibilitará que profissionais do Time Brasil, credenciados ou não, possam exercer suas funções e contribuir para o melhor desempenho dos atletas brasileiros. Entre modalidades classificadas e não classificadas que já solicitaram a utilização do CT estão a natação, atletismo, boxe, basquete, handebol, vôlei, taekwondo, saltos ornamentais, nado sincronizado, levantamento de peso e esgrima.

Além de Crystal Palace, o Time Brasil contará com mais seis bases de apoio. Estas bases serão hotéis próximos aos locais de competição de judô, taekwondo, boxe, lutas (Hotel Ramada Excel), triatlo (Hotel Thistle Kensington Gardens), maratona aquática (Hotel Hilton Hyde Park), vôlei de praia (Strand Palace Hotel) e vela (Casa em Weymouth). Além disso, a escola St. Pauls Way Trust servirá de base para treinamento exclusivo das equipes de vôlei do Brasil. 

"Com uma quadra exclusiva, o vôlei brasileiro vai poder treinar a hora que quiser, sem dividir a instalação com os adversários. É nesse tipo de detalhe que o COB pensou no planejamento de toda a operação", disse Marcus Vinicius. "Temos evoluído dando melhores possibilidades para que os atletas brasileiros façam menos deslocamentos e se desgastem menos durante os Jogos", completou Marcus Vinicius, medalhista de prata com o vôlei nos Jogos de Los Angeles 84.

Além da estrutura que será oferecida em Londres, o COB trabalha também com vistas aos Jogos Olímpicos do Rio. Para isso, levará 16 jovens atletas que não se classificarem para Londres 2012, mas que já apresentem condições de integrar o Time Brasil em 2016. Esses atletas ficarão por aproximadamente cinco dias em Londres, vivenciando o clima olímpico, acompanhando as competições de sua modalidade, treinando quando possível e almoçando na Vila. "O objetivo é que eles sintam o nervosismo de uma estreia olímpica quatro anos antes dos Jogos do Rio. Assim, eles terão mais vontade de ir aos Jogos, com mais conhecimento de tudo o que cerca uma participação no maior evento esportivo do mundo", explicou Marcus Vinicius, informando que os 16 atletas serão escolhidos de um total de 27 que o COB está acompanhando, de modalidades individuais ou duplas. 


Confira a apresentação feita por Marcus Vinícius Freire


O TIME BRASIL NOS JOGOS OLÍMPICOS LONDRES 2012

Projeto Londres 2012

- Preparação de atletas e equipes - Trabalho conjunto entre o COB e as Confederações

- Planejamento e investimento para o melhor serviço dentro e fora da Vila Olímpica;

- Excelência no atendimento técnico, médico, de ciência do esporte, áreas de convivência, lan-house...

- Instalações próprias para treinamento exclusivo

- Emprego de novas tecnologias - biomecânica, dart fish, bioquímica

- Base antes e durante os Jogos - Crystal Palace National Sports Centre

- Aclimatação em vários locais

Time Rio

- Investimento da Prefeitura do Rio: R$ 12 milhões em três anos

- Modalidades contempladas: Taekwondo, Canoagem, Ginástica artística, Vela, Atletismo, Natação, Saltos Ornamentais e Judô

- 13 atletas beneficiados diretamente

- 64 profissionais envolvidos na organização das ações e preparação dos atletas

- Serviços: Bioquímica, Fisiologia do Movimento, Psicologia do Esporte, Fisioterapia, Medicina Esportiva...

Brasil na Vila Olímpica de Londres

- Edifícios N 14 A, B e D

- Bloco A: Escritório da Missão. Dois apartamentos (oficiais COB - 14 camas)

- Bloco B: Departamento Médico da Missão. Dois apartamentos (oficiais médicos - 16 camas)

- Bloco D: Chefia da Missão e equipes (comissões técnicas e atletas). 42 apartamentos - 284 camas em 134 quartos duplos e 16 singles

Sub sedes 

Eton Dorney (Canoagem Velocidade e Remo):

- Acomodação em universidade, quartos individuais

Weymouth (Vela)

- Acomodação estilo Vila, com casas para 8 pessoas

Cardiff, Glashow, Newcastle, Manchester, Coventry (futebol)

- Hotéis com 9 quartos duplos e 7 individuais

Estruturas de apoio aos atletas e equipes

- Hotel Ramada Excel - judô/ taekwondo/ boxe/ lutas

- Hotel Thistle Kensington Gardens - triatlo

- Hotel Hilton Hyde Park - maratona aquática

- Strand Palace Hotel - vôlei de praia

- St. Pauls Way Trust School - vôlei

- Casa em Weymouth - vela

CT Crystal Palace

- O Centro Esportivo Crystal Palace será base do Time Brasil fora da Vila Olímpica, um local exclusivo de treinamento do Time Brasil antes e durante os Jogos Olímpicos Londres 2012.

- A base em Crystal Palace é uma inovação na história das missões brasileiras em Jogos Olímpicos e possibilitará que profissionais do Time Brasil, credenciados ou não, possam exercer suas funções e contribuir para o melhor desempenho dos atletas brasileiros.

- O CT abrirá no dia 17 de julho, com treinos da equipe de natação. Depois do inicio dos Jogos, o centro esportivo abrigará todos os membros da delegação brasileira não credenciada para a Vila Olímpica. São médicos, auxiliares técnicos, treinadores, fisioterapeutas, sparrings, membros do departamento de Ciência do Esporte, entre outros.

- O objetivo do COB é oferecer as melhores condições aos atletas brasileiros durante os Jogos Olímpicos.

- Entre modalidades classificadas e não classificadas que já solicitaram a utilização do CT: Natação, atletismo, boxe, basquete, handebol, vôlei, taekwondo, saltos ornamentais, nado sincronizado, levantamento de peso e esgrima.

Serviços oferecidos:

- Treinamento exclusivo nos horários desejados;

- Acomodação de pessoal não credenciado com 144 camas;

- Alimentação típica brasileira;

- Ciência do esporte;

- Análise de vídeo;

- Acadêmia Technogym;

- Atendimento médico;

- Transporte exclusivo;

- Atendimento à Imprensa

Aclimatação fora de Londres

- Judô e Boxe - Sheffield

- Ginástica Fem - Ipswich

- Ginástica Mas - Ghent

- Basquete - EUA e Europa

- Handebol Fem - Holanda

- Atletismo Saltos - Fórnia (verticais) e Madri (horizontais)

- Triatlo - Portugal

- Pentatlo - Itália

- Tiro Esportivo - França

- Taekwondo - Croácia

- Vôlei Mas - França

- Tênis de Mesa - França

- Hipismo Adestramento - Alemanha

- Hipismo Saltos - Bélgica

- Esgrima - Itália

Projeto Quebra-gelo - 16 para 2016

- Objetivo - antecipar a vivência nos Jogos Olímpicos, quebrando o gelo para 2016

- 16 jovens atletas não classificados para Londres, divididos em grupos

- Entre 5 e 6 dias em Londres para cada grupo

- Atletas de judô, vôlei de praia e taekwondo podem ser utilizados como sparrings - estes ficariam mais tempo

- Base em Crystal Palace

- Rotina em Londres: Treinamento (quando possível) / Acompanhar os treinos de sua modalidade / Acompanhar a competição de sua modalidade / Conhecer a Vila Olímpica, incluindo almoço / Conhecer a Casa Brasil.

Fonte: COB