São Caetano dispensa mais de 700 atletas após corte no orçamento

22/01/2011 05:44

Medalhistas olímpicos como os judocas Carlos Honorato e Edinanci Silva ficam desempregados. Prefeitura mantém apenas três modalidades

 

 

diogo silva taelwondo Diogo Silva é um dos atletas afetados pelo corte
(Foto: Globoesporte.com)

A prefeitura de São Caetano do Sul dispensou 720 dos seus 986 atletas. Com isso, nomes importantes do esporte brasileiro como os judocas Carlos Honorato e Edinanci Silva e o lutador de taekwondo Diogo Silva estão desempregados.

Um corte no orçamentário de cerca de R$ 1 milhão, anunciado pela própria prefeitura, pegou de surpreso atletas e técnicos de várias modalidades como boxe, judô e taekwondo. Apenas os esportes que contam com patrocínios próprios (atletismo, ginástica e futsal) serão mantidos.

A prefeitura informou, porém, que o corte é temporário e tem como objetivo reestruturar os gastos com o esporte. Com isso, algumas modalidades poderão voltar, enquanto outras serão extintas.

Os cortes prometem tirar a hegemonia do São Caetano do Sul nos Jogos Abertos do Interior. Das 14 últimas edições da competição, a cidade perdeu o título apenas uma vez.

Fonte:https://globoesporte.globo.com